Já ouvi pessoas dizerem que dinheiro traz felicidade, outros dizem que dinheiro não traz felicidade, mas manda comprar. Quase todos confundem felicidade com conforto, o dinheiro pode sim nos proporcionar conforto, quanto mais dinheiro, mais conforto se pode ter. Contudo, há uma distância muita longa entre conforto e felicidade. Existem pessoas com muito conforto, porém infelizes, assim como também há pessoas sem conforto algum, mas cheios de felicidade. Afinal o que queremos? Conforto ou felicidade?

O conforto é algo externo, geralmente relacionado a algum objeto, que está ligado a algum ambiente, ou seja, é aquilo que pode ser consumido ou utilizado. Ele nos proporciona uma sensação de bem estar, fazendo com que nos sintamos bem. Apartamentos, carros, viagens, passeios são alguns exemplos de conforto. E para que possamos desfrutar disso precisamos de dinheiro, sem dinheiro não é possível ter conforto. O conforto possui seus valores, e todas as pessoas também possuem seus valores, sendo assim a ‘definição’ de conforto varia de pessoa para pessoa. Uns acham que morar bem é o melhor conforto, outros pensam que ter um carro é melhor, outros já consideram que viajar é o melhor conforto que podemos ter, independente do conforto desejado por cada pessoa o dinheiro sempre se faz necessário para alcançá-lo. Conforto pode sim proporcionar um breve momento de alegria, mas nunca traz felicidade.
A felicidade não está ligada a nenhum objeto. Felicidade não é um sentimento, é uma convicção interna. Para desfrutar da felicidade não é preciso que algo ao nosso redor aconteça. Ser feliz independe de qualquer objeto ou situação. Felicidade é olhar a vida de uma forma diferente da maioria. É saber valorizar o que realmente tem valor. É perceber os valores mesmo quando tudo acontece diferente daquilo que tínhamos esperado. É desfrutar de um passeio mesmo se o lugar não for aquele que queríamos ir. É reconhecer que a nossa maior riqueza é o ser humano. É saber que as pessoas não precisam ser do jeito que queremos que elas sejam, mas saber perceber as qualidades mesmo diante dos defeitos que tentam chamar a nossa atenção. É não ter expectativas, pois a felicidade não depende de algo que não podemos controlar. Felicidade não depende da empresa que trabalhamos ou do nosso governo político, ou até mesmo da nossa família. Felicidade não depende de nada alem de nós mesmos, pois a única coisa que temos controle de verdade é sobre nossas vidas. Felicidade é ver a vida com outros olhos.
O que é mais importante pra você? Conforto ou felicidade? Dinheiro ou pessoas? Se você quer conforto viva em busca do dinheiro. Se você deseja ser feliz você precisa aprender a viver. Aprender a viver é algo que o dinheiro não pode proporcionar.
Para ter conforto trabalhe bastante. Para saber viver creia em Jesus e aprenda com Ele o que é viver, Ele é o Autor da Vida e a felicidade que o ser humano sempre sonhou.