Introdução

Hoje vamos conversar sobre pecado. Eu até tento, mas não consigo viver sem pecar. Peco todos os dias em diferentes momentos e situações e formas. Em Efésios 2:8 diz que a salvação é pela graça. Graça é o favor imerecido da parte de Deus. Não merecemos, mas somos salvos porque Deus quis nos salvar, simples assim. Não conquistamos a salvação através das nossas obras, e sim por acreditar que tudo que precisava ser feito para nos salvar, já foi realizado por Deus. Então deixar de pecar não contribui em nada para a minha salvação? Não, não contribui. Então se aprofundar no pecado não me prejudica em nada na minha salvação? Não, não prejudica. Se o plano da salvação é assim, porque devo evitar o pecado? Então posso pecar à vontade? Se o pecado não é problema, porque devo evitar o pecado? Para que devo deixar de pecar? Nossa conversa de hoje será baseada nestes questionamentos.

 

Pecar não surpreende a Deus

Quando Deus arquitetou e planejou o ser humano, Ele sabia muito bem dos pecados que iríamos cometer, mesmo sabendo disso Deus não hesitou em realizar este grande e perfeito projeto. Nosso pecado não deixa Deus surpreendido. Quando pecamos não deixamos Deus decepcionado. O estado emocional de Deus não é alterado quando cometemos algum pecado, então Ele não se irrita quando alguém peca. Não preciso evitar o pecado pra deixar Deus feliz, a presença e ausência de pecados não significa nada para Deus. Deus sabia muito bem que na primeira oportunidade o ser humano pecaria. Somos pecadores, e enquanto estivermos vivos vamos sempre cometer pecados. Temos uma tendência natural de cometer pecados. Desejar uma vida sem a prática de pecados é utopia.

 

Pecar não é problema com Deus

O pecado não muda a imagem e nem o amor que Deus tem para com todas as pessoas. Mesmo assim o pecado continua sendo um grande problema, problema com Deus? Claro que não. Porque o pecado não é problema com Deus? Vamos pensar… A bíblia diz que nada nos separa do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nada, nada, nada, isso inclui o maior pecado que você considera ter cometido. Deus nos ama acima de qualquer comportamento que podemos ter. Precisamos parar de pensar que nossa atitude de evitar o pecado melhora nossa situação diante de Deus. Queridos, Deus sabe de todas as coisas, e tudo de bom que Deus fez e faz por nós, Deus escolheu fazer mesmo sabendo que iríamos pecar. Tá claro? Precisamos entender e crer que na morte e ressurreição de Jesus o pecado deixou de ser problema pra Deus, na verdade acho que o pecado nunca foi e nunca será problema pra Deus. Você pode estar se perguntado, “se isso tudo é verdade, porque devo evitar a prática do pecado? Do jeito que você ta falando eu vou pecar à vontade”. Sim, você pode pecar à vontade e mesmo assim ser salvo, pois a salvação depende de Cristo e não da ausência de pecado. O mérito da salvação é de Jesus Cristo e não de uma atitude nossa.

 

Pecar à vontade

Pecamos todos os dias em diversos momentos e situações, então posso afirmar com tranquilidade que hoje vivemos na prática do pecado, somos pessoas que pecam à vontade. Por isso que a salvação não depende da ausência de pecado, caso fosse necessário viver sem pecado para ser salvo, Deus inventaria um plano que fizesse com que todos os seres humanos deixassem de viver um só dia sem cometer pecado. Muitos começam a comparar o tamanho dos pecados com a tentativa de defender a ideia de que é possível viver sem a prática do pecado. Então estes não praticam os pecados que eles consideram grandes e tentam evitar a prática dos pecados que eles consideram pequenos. Acreditam que servir a Deus é ter uma vida com a quantidade de pecados inferior que a maioria das pessoas da Terra. Então você pode se perguntar: se Deus não me odeia quando cometo pecados, porque devo evitar a prática do pecado? Respondo com outra pergunta: Quem falou que é possível evitar a prática do pecado? Deixar de cometer pecado é impossível. Desejar viver uma vida sem a prática do pecado é utopia. Todos pecam de diversas maneiras o tempo todo. Então estamos perdidos? A resposta é sim, estamos totalmente perdidos.

 

O plano errôneo de evitar o pecado

Pare de pensar que Deus fez tudo pra gente tentar não pecar, daí ficamos o tempo todo tentando não pecar e nunca conseguimos, sempre decepcionamos nossas melhores intenções de não pecar. Utopia é pensar que não iremos pecar e nunca mais errar. Aqueles que não entendem isso pensam que precisam pelo menos tentar não pecar. Nós vivemos pensando que ser menos pior é o mesmo que melhorar, mas não é bem assim. Pense o seguinte, tenho três copos de água de uma fonte natural, daí coloca 10 ml de refrigerante no primeiro copo, depois 50 ml no segundo copo e depois 100 ml no terceiro copo, então pergunto: Quais dos copos deixaram de ser água pura e genuinamente natural? Há algo que possa melhorar esta situação? Ou tem algo que eu possa fazer pra deixar ela melhor, pois quanto mais água eu colocar “menos pior” ela ficará, mas nunca deixará de ser impura, nunca mais será genuinamente natural. O evangelho veio não pra nos deixar em estado natural, mas sim pra nos tornar aceitos por Deus mesmo sendo totalmente impuro.